Ter um gato ou cachorro em Paris


Morar em Paris proporciona grandes descobertas e aprendizados. Porém, quem vive a experiência de morar no exterior sabe que as dificuldades são muitas. Apesar de termos internet, telefone e skype, nada substitui o contato com a família e amigos. A solidão e as saudades começam a falar mais alto e, para muitos, busca-se a companhia de um animal de estimação. Adotar um cachorro, um gato ou até um peixe pode ser uma boa ajuda para quem sofre com a solidão.

Quem teve um cachorro ou gato sabe o quanto é bom ser recebido na porta de casa. Eles estão lá incondicionalmente, mesmo que você tem passado o dia inteiro fora. Impossível não amar!

Como nem tudo são flores, é preciso saber que ter um pet é uma decisão de grande responsabilidade. Saiba quais são as principais responsabilidades na hora de adotar um gato ou um cachorro em Paris:

Espaço X Tempo X Raça

Um pet ocupa espaço. Diferente do Brasil, onde tamanho não costuma ser problema, em Paris a maioria dos apartamentos são bem pequenos. Fique atento na hora de escolher a raça do seu pet. Escolha uma raça que seja compatível com o tamanho da sua casa e também com a sua personalidade. Leia e pesquise. Conheça as raças e as suas possibilidades.

Algumas raças também exigem mais atenção e cuidados. Já pensou passar o dia todo trabalhando ou estudando fora, voltar para casa tarde e ainda passear com o cachorro? Algumas raças de cachorro não precisam ser levadas para passear todo dia, pois são mais acostumadas com ambientes fechados. Já os gatos são mais independentes nesse quesito.

Aproveite o final de semana e passeie em parques onde a frequentação de pets é liberada. Atenção, na maioria dos parques, os pets são aceitos apenas se presos na corrente.

Eduque seu pet

É importante que seu pet perceba que você está para dar carinho, amor, mas também limites. O filhote deve aprender desde cedo o que é certo e o que é errado. Os maus hábitos são difíceis de corrigir mais tarde.

Ter um gato ou um cachorro em Paris e em qualquer lugar do mundo é um passo de muita responsabilidade. Porém, mesmo com todo esse trabalho, a companhia do seu pet vai se tornar um dos elos mais importantes da sua vida.

Dog’s Love » by Noël Zia LeeLove. Licensed under CC BY 2.0 via Wikimedia Commons.

 

Likes(4)Dislikes(0)

Author: Morar em Paris

Share This Post On
468 ad

4 Comments

  1. E esse é o meu problema. Se tudo der certo, me mudo para Paris ou adjacências para estudo por 2 anos em 2016. Minha família irá junto, o que inclui um cachorro médio e uma gato. Como os apartamentos são pequenos, penso em alugar um casa para evitar esse problema. Você poderia me indicar os melhores bairros ou subúrbios para se morar em casa em Paris?

    Likes(0)Dislikes(0)
    Post a Reply
    • Oi André, se for um cachorro de tamanho grande, o ideal é uma casa, porém é praticamente impossível dentro de Paris. Recomendo imediações no oeste parisiense.
      Abraço!

      Likes(0)Dislikes(0)
  2. Olá!!
    Tenho intenção de ir morar na frança e tenho um cachorro poodle que queria levar comigo.
    Você sabe me dizer se ai é fácil alugar um apartamento que aceite animais?Se tenho que pagar impostos por isso??

    Likes(0)Dislikes(0)
    Post a Reply
    • Olá,
      Em diversos países paga-se um taxa para ter um animal de estimação. Já foi o caso da França, mas desde o final dos anos 70 essa taxa foi extinta.
      Porém, acredito que você deva se informar mais em como fazer o cachorrinho entrar na França (levar no avião e ser recebido no aeroporto). Aconselho que você entre em contato com o consulado francês para essa informação.
      Abraço!

      Likes(0)Dislikes(0)

Submit a Comment

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Vous pouvez utiliser ces balises et attributs HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>