Trabalhar em Paris / França

Encontrar um emprego em Paris não é fácil. É preciso muita persistência para conseguir trabalhar em Paris em um bom emprego. Mesmo para aqueles que já falam bem em francês, muitas vezes encontrar um emprego na França que não seja um petit boulot pode ser bem mais complicado que no Brasil. Isso significa passar por muitas e muitas entrevistas, muita paciência para o tempo de espera e lidar com a resistência de empregar um estrangeiro.

As ofertas de emprego em Paris existem, mas muito maior é a quantidade de profissionais em busca de uma vaga de trabalho. Conseguir trabalhar na França com um CDI é quase como encontrar o Saint Graal. A menos que sua formação seja super especializada em uma área com poucos profissionais qualificados, a quantidade de vagas é bem menor que a quantidade de profissionais disponíveis no mercado.

Porém, apesar das dificuldades de encontrar uma vaga de trabalho, vale a pena trabalhar na França. Tanto para quem pretende trabalhar na França por um curto período ou por um período mais longo. Trata-se de uma forma de melhorar seu CV para quando você voltar para o Brasil ou procurar emprego em outro pais. Ter um « poste de travail » na França (não precisa necessariamente trabalhar em Paris) na sua área, conta muito no currículo.

Para ajudar na busca por um emprego na França, organizei alguns sites onde são apresentadas vagas de empregos em Paris. São vagas para pessoas que estão em busca de um emprego em contrato de estágio, alternance, CDD, interim e CDI.

Sites com ofertas de emprego na França

Monster

Paris Job

Man Power

Job Etudiant

Indeed

Fique atento, para trabalhar na França você precisa de um titre de séjour válido. Para obter um visto para a França, você precisa estar no Brasil e solicitar no consulado da França no Brasil.

Você pode solicitar um visto francês nesses casos:

  • assalariado (com contrato de trabalho francês de um ano ou mais);
  • trabalhador temporário (com contrato de trabalho francês de mais de três meses e de menos de um ano);
  • cientista-pesquisador;
  • cônjuge de francês;
  • cônjuge de cidadão estrangeiro com visto na França no âmbito de um agrupamento familiar;
  • estudante (que tenha sido aceito em uma instituição de ensino francesa);
  • estagiário  (que tenha sido aceito em uma empresa francesa);
  • visitante (que possa comprovar recursos próprios e que se comprota a não trabalhar na França).

Um estudante em situação legal pode trabalhar até 20 horas na França. A legislação francesa autoriza os estudantes estrangeiros a trabalharem no máximo 964 horas por ano. O estudante deve organizar seu banco de horas para não ultrapassar o limite permitido por lei.

O SMIC (Salaire Minimum Interprofessionnel de Croissance), o salário mínimo francês, é de 8,41 euros por hora (valor bruto horário). Trabalhando 20 horas por semana com um salário mínimo o estudante pode ter condições de se sustentar, mas para isso precisa pedir uma ajuda da CAF. A CAF auxilia os estudantes residentes legais na França no pagamento do aluguel. Um estudante pode receber até 300 euros de ajuda do governo francês para o pagamento do seu aluguel.

No final de seus estudos de mestrado, o governo francês autoriza o estudante estrangeiro a procurar um trabalho na França por seis meses. Porém o trabalho deverá ser na sua área de estudos e o salário precisará ser relativamente elevado para um recém formado. Então, o estrangeiro poderá submeter um dossier para trocar seu statut de estudante para de trabalhador.

Os tipos de contrato de trabalho na França são: stage, interim, apprenti, CDD e CDI.

Quer conhecer mais sobre os tipos de contratos de trabalho na França? Confira o artigo como trabalhar em Paris.

Boa sorte!

Likes(22)Dislikes(8)

Author: Morar em Paris

Share This Post On
468 ad

10 Comments

  1. Obrigado,parabéns pelo blog.Continue!

    Likes(3)Dislikes(0)
    Post a Reply
  2. oi meu nome é amanda adorei todos os seus textos,mas tbm estou querendo morar na françar mas eu preciso saber de mim mesmo se eu quero ir, mas não tenhu grana e preciso ir o mais rapiso possivel e eu não sei o que eu faço pq a vontade de ir é tão grande que só penso em ir! eu queria que vc me fala-se o que fazer?
    obrigada!!
    bjus!

    Likes(8)Dislikes(8)
    Post a Reply
  3. Bom dia !
    Gostaria de saber se você ainda está na frança e como está as condições de emprego , se eles ainda sentem em relação a crise de 2008, se está "facil" trabalhar, não só em PARIS, mas nas demais cidades. Sou cabeleireira e maquiadora, quero ir para trabalhar, nem que não seja na mesma área, mas também quero ir para fazer cursos, qual seria a melhor possibilidade.

    Agradeço desde já a atenção.

    Likes(2)Dislikes(0)
    Post a Reply
    • Oi,
      Tudo bem? Estou em Paris. Acho que a situação está bem mais tranquila, mas para conseguir uma vaga depende da área. Porém não sei como trabalham na sua área, se em salão fazem cdd/cdi ou se ganham por cliente. Depende em que você quer trabalhar. O mais importante que sempre digo é que para trabalhar na França precisa-se falar bem em francês. Até num salão, para entender o que a cliente pede, para explicar o que você vai fazer, etc.
      Qualquer dúvida, avisa.
      Abs!

      Likes(0)Dislikes(0)
  4. Oi,valeu pelas informações, mas eu tenho uma dúvida em particular da qual não consigo achar a resposta, há vagas para as areas técnicas de radiologia e seg. do trabalho?
    Mercy.

    Likes(0)Dislikes(0)
    Post a Reply
    • Oi Francisco
      As profissões paramédicas como técnico de radiologia necessita de um diploma francês. Se você ja é formado no Brasil pode ser dispensado de alguma parte da escolaridade na França, mas precisa ter o diploma francês. Então a questão nem é se existem vagas, mas sim o direito de exercer a profissão
      Segue o link http://vosdroits.service-public.fr/particuliers/F14739.xhtml

      Likes(0)Dislikes(0)
  5. Possuo cidadania Italiana. Para conseguir um trabalho na frança é bem mais fácil, não ?

    Likes(0)Dislikes(0)
    Post a Reply
    • Oi Gustavo,

      Sim, se você possui cidadania italiana não precisa pedir visto. Muito mais fácil para morar e trabalhar na França.
      Boa sorte, abraço!

      Likes(0)Dislikes(0)
  6. Olá! Gostaria de saber se posso ir com visto de estudante e depois do curso mudar na frança para visto de trabalho, mesmo que meu trabalho não seja na minha área. E também se posso trancar uma faculdade, continuar trabalhando e mudar o visto para o de trabalho.

    Likes(0)Dislikes(0)
    Post a Reply
    • Olá.
      Todas essas questões de visto são bem complicadas. O ideal é fazer a sua formação aqui e quando terminar os estudos tentar mudar de visto.
      Abraço!

      Likes(0)Dislikes(0)

Submit a Comment

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Vous pouvez utiliser ces balises et attributs HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>